Laser Pós-Operatório

LASERTERAPIA PÓS-PARTO E PÓS-OPERATÓRIA 

Laserterapia de baixa intensidade é uma ferramenta complementar da Clínica Femme ao trabalho da consultoria em amamentação e, claro, não substitui a correção da causa do trauma, por isso sempre indicamos além do Laser, a consultoria. Aqui na Clínica Femme, o Laser é feito por um profissional habilitado, sendo que a irradiação é indolor e o alívio do incômodo pode ser imediato. Os resultados são alcançados com apenas UMA SESSÃO e com a correção da causa, na maioria das vezes. Confira os tratamentos nas devidas causas:

FISSURA MAMÁRIA: O tratamento, neste caso, ajuda na amamentação, através da redução da dor e cicatrização acelerada de fissuras, feridas ou escoriações na mama. É imprescindível a correção da causa do trauma, ou seja, a correção da pega e manejo adequado, orientado por um profissional da saúde especialista em aleitamento materno e após a correção da causa, o laser alivia a dor e estimula a cicatrização.

MASTITE: A Laserterapia, após o diagnóstico médico e o início do tratamento adequado, entra como coadjuvante ajudando na redução da dor, diminuindo o inchaço nas mamas e promovendo a redução do processo inflamatório. Porém, ele não vem a ser um tratamento fixo para Mastite.

LASER NA ANALGESIA E CICATRIZAÇÃO DO PERÍNEO (laceração ou episiotomia): É uma ferramenta eficaz para reduzir a dor e desconforto na região do períneo, promover agregação plaquetária reduzindo sangramentos, além de acelerar o processo de cicatrização.

LASER NA ANALGESIA E CICATRIZAÇÃO DA CESÁREA: Auxilia reduzindo a dor e o desconforto na região do corte e, levando assim, a uma cicatrização mais acelerada na região.


Confira a ação do laser nos tecidos com injúria (tecidos saudáveis sofrem pouca ou nenhuma influência da fototerapia):

1. Ação de modulação da inflamação (efeitos deletérios da inflamação – dor, calor, rubor, turgor).

2. Ação analgésica imediata.

3. Redução do edema.

4. Melhora da resposta imunológica.

5. Cicatrização tecidual acelerada e estímulo para a formação de colágeno.

6. Ação antioxidante.

7. Tratamento de fissuras mamárias.

8. Manejo da apojadura.

9. Auxiliar no tratamento de candidíase mamária.

10. Auxiliar no tratamento de Mastite.

11. Dor e cicatrização do períneo (laceração ou episiotomia).

12. Pós-operatório de cirurgia cesária (cicatrização e recuperação nervosa).

13. Auxílio na cicatrização de feridas cirúrgicas. 

Ao navegar neste site está ciente de nossa Política de Privacidade.
Concordo